newsletter

Receba gratuitamente e em 1ª mão as notícias do aftermarket automóvel! 



Evite os imprevistos na estrada

6 Março 2011

Conselhos Goodyear para uma Viagem Segura.

Verifique os pneus antes da viagem; Conduzir com pneus desgastados ou sem a pressão adequada aumenta o perigo de acidentes e furos; Tecnologias como RunOnFlat evitam ter que trocar os pneus após um furo em locais expostos ao tráfego.

Nas viagens a Goodyear deseja evitar que os condutores passem um mau bocado. O check-up, antes de empreender a viagem, converte-se em algo essencial. Por isso, a empresa lança uma série de conselhos que ajudam a avaliar o estado dos pneus e a evitar que um acidente torne as férias numa “via-sacra”.

Um dos aspectos que os condutores mais descuidam, no momento de verificar o estado do seu veículo, é a questão dos pneus. Calcula-se que devido à crise a troca de pneus tenha descido 6%1, o que pode ter influência num maior número de acidentes. Como recorda Carlos Saz, responsável técnico da Goodyear para Espanha e Portugal, “com um pneu em mau estado e a estrada molhada, a distância de travagem quando se conduz a 130 km/h pode aumentar de 36 para 129 metros, o que é mais que suficiente para provocar um acidente”.

Para viajar sem preocupações a Goodyear aposta nas novas tecnologias, como RunOnFlat, que permite continuar a circular durante 80 quilómetros após um furo ou perda total de ar, a uma velocidade até 80 km/h. Esta situação evita que os condutores tenham que parar em bermas de estrada inseguras e expostas ao tráfego automóvel para trocar um pneu, permitindo-lhes chegar a uma área de serviço ou oficina.

Pontos básicos para check-up de pneus

1. - Pressão - é recomendado comprovar a pressão pelo menos uma vez por mês e adequá-la às indicações do fabricante do veículo. É importante ter em conta que a pressão das rodas deve ser revista antes de se percorrer grandes distâncias com o pneu a frio.

• Consequências de uma pressão inadequada: a pressão incorrecta e o excesso de peso alteram de forma significativa as reacções do veículo antes de uma curva ou travagem de emergência, aumentando o tempo da manobra. Daí a importância de dedicar cinco minutos a verificar os pneus antes de empreender a viagem para evitar sustos na estrada.

2. - Estado da banda de rodagem
- há que rever os diferentes aspectos como:

• Profundidade dos sulcos – a profundidade mínima legal dos sulcos é de 1,6 milímetros. Se for inferior, o pneu deve ser mudado e não podemos esquecer que quanto maior a profundidade dos sulcos, melhor é aderência na estrada.

• Cortes ou deformações – verificar se não há gretas ou objectos cravados no pneu, bem como deformações já que é importante para evitar avarias relacionadas com os pneus.

• Desgastes irregulares – o desgaste da banda de rodagem do pneu deve ser regular em toda a superfície. Se detectamos desgaste ou que uma parte do pneu se desgasta mais que a outra, devemos levar o veículo a uma oficina porque podemos estar perante um alinhamento indevido aos pneus.

Consequências de uma banda de rodagem em mau estado: os desgastes irregulares e excessivos, bem como as deformações, podem ser a causa de perigosos furos e rebentamentos. Por seu lado, o padrão formado pelos sulcos dos pneus está encarregue de expulsar a água ou sujidade da estrada de forma que se os pneus estão gastos perdem propriedades de aderência nas curvas e travagens chegando a produzir-se o perigoso aquaplaning em caso de chuva.

Pneus em diferentes situações meteorológicas

Provavelmente nunca lhe ocorreu pensar que a meteorologia tem uma influência enorme nos pneus e que, inclusivamente, para as diferentes estações do ano há pneus mais apropriados que outros. Outros países europeus com Invernos mais rigorosos estão muito mais consciencializados e têm dois conjuntos de pneus (Verão e Inverno) para enfrentar todas as condições da estrada. Este ano, em Portugal, devido às condições climatéricas, houve alguns pedidos deste tipo de pneus, principalmente no Norte de Portugal.

À falta de saber se o tempo vai ser de sol ou chuva, há aspectos a ter em conta dependendo das diferentes situações:

NEVE. Se vai deslocar-se a zonas montanhosas ou a locais onde há neve é aconselhável trocar os pneus por uns de Inverno. O seu rendimento a temperaturas inferiores a 7º é óptimo, o que torna desnecessária a utilização de correntes e em condições frias têm menor degradação que os pneus de Verão.

CHUVA. No caso da chuva surgir, assegure-se de que o padrão da banda de rodagem dos pneus e a profundidade dos sulcos são óptimos já que os sulcos são os elementos encarregues de expelir água e se o piso estiver muito desgastado pode gerar aquaplanning. Também sobre a chuva, os pneus de Inverno oferecem níveis de evacuação de água superiores aos normais, daí que a sua utilização nestas condições sejam recomendáveis.

SOL. Em caso de tempo quente e seco, há que ter cuidado com as condições do terreno, já que as estradas podem ter ficado com areia após os períodos de chuva deste inverno o que as torna escorregadias se os pneus tiveram a banda de rodagem em mau estado.

Por último, a Goodyear aconselha antes da viagem ir sempre a uma oficina especializada nas práticas de manutenção de pneus e veículos. Só eles podem indicar como devemos cuidar do veículo para desfrutar de umas férias sem preocupações para nós e nossa família.

1. Dados de estudo Goodyear e RACE – comunicado de Novembro de 2009

Sobre a Goodyear

A Goodyear, uma das maiores empresas no fabrico de pneus do mundo, emprega cerca de 70.000 pessoas e tem mais de 60 fábricas em 25 países, em todo o mundo. As inovações da Goodyear têm vindo a definir os padrões automóveis há mais de 100 anos, como é o caso da tecnologia de segurança conhecida como RunOnFlat, que permite ao condutor continuar a sua viagem mesmo com um pneu furado. A Goodyear é o fabricante líder destes pneus, com aplicações em diversos modelos automóveis da BMW, no premiado Mini, carros de alto rendimento da Mercedes-Benz, Opel entre outras. Actualmente a Goodyear trabalha com mais de 150 fabricantes de carros, no sentido de inovar a gama RunOnFlat. Para mais informações sobre a Goodyear e os seus produtos visite www.goodyear.com



Perigo_em_mudar_o_pneu_no_meio_da_via
Quem Somos   |   Contactos   |   Publicidade   |   MKT Empresas   |   Condições Legais