newsletter

Receba gratuitamente e em 1ª mão as notícias do aftermarket automóvel! 



Lubrificantes Motor > Esso


Destaque I
Esso Ultron ESP Formula P 5W-30
 

O Esso Ultron ESP Formula P 5W-30, formulado com óleos base sintéticos, é recomendado para diversos tipos de motores modernos de veículos automóveis ligeiros, especialmente para os motores de elevado desempenho a gasolina, motores de injecção turbodiesel com common rail e outros motores Diesel instalados em veículos de passageiros, SUVs e comerciais ligeiros de última geração.

Os baixos teores de cinzas, fósforo e enxofre (SAP), permitem prolongar a vida útil e manter a eficiência do Sistema de Redução de Emissões dos motores diesel e a gasolina (Filtros de Partículas Diesel (DPF) e Catalisadores (CAT) de motores a gasolina de última geração).

Permite intervalos prolongados entre as mudanças de óleo; As excelentes propriedades friccionais levam a uma maior economia de combustível (conforme ACEA A5/B5), em comparação com os óleos minerais para motor, assim como uma maior contribuição para a redução da emissão de CO2; Excelente comportamento a baixas temperaturas para arranques fiáveis em tempo frio e uma protecção rápida do motor, motor de arranque e bateria; Agentes de limpeza activos reduzem os depósitos e acumulação de lamas, para uma maior limpeza e uma vida útil do motor mais prolongada.

Destaque II
Esso Ultra 10W40
 

Lubrificante semi-sintético, possuindo alto índice de viscosidade e grande estabilidade térmica. É apropriado para todos os veículos com motores a gasolina de veículos ligeiros de aspiração natural, sobrealimentados (turbo) e multiválvulas. Adequado em todos os motores onde seja exigido um produto de elevada performance e de superior qualidade.

Entre os benefícios que proporciona estão um arranque fácil a baixa temperatura, diminuição do consumo de lubrificante, viscosidade elevada a 100ºC, redução de perdas por volatilidade, boa protecção a elevadas temperaturas, excepcional controlo dos depósitos de combustão, alta resistência à formação de lacas e vernizes, protecção contra a corrosão e desgaste das chumaceiras, controlo eficaz do desgaste do trem de válvulas e perfeita compatibilidade com os catalisadores.

Destaque III
Esso Ultra Turbo Diesel 10W40
 

Lubrificante semi-sintético, possuindo alto índice de viscosidade e grande estabilidade térmica. É apropriado para todos os veículos com motores a Diesel de veículos ligeiros de aspiração natural ou sobrealimentados (turbo), assim como para motores Diesel com injecção directa clássica e com nova injecção directa. Adequado em todos os motores onde seja exigido um produto de elevada performance e de superior qualidade.

Entre os benefícios que proporciona estão um arranque fácil a baixa temperatura, diminuição do consumo de lubrificante, viscosidade elevada a 100ºC, redução de perdas por volatilidade, boa protecção a elevadas temperaturas, excepcional controlo dos depósitos de combustão, alta resistência à formação de lacas e vernizes, protecção antiferrugem e anticorrosiva, controlo eficaz do desgaste, nomeadamente nos cilindros, pistões e árvores de cames.

Gama
Veículos Ligeiros
 

 

B

M

SAE

API

ACEA

Ultron ESP Formula P

S

GD

5W30

SL/CF

C2/A5/B5

Ultron

S

G

5W40

SL/SJ/CF

A3/B3/B4

Ultron Diesel

S

D

5W40

CF

B3/B4

Ultra

SS 

G

10W40

SL/SJ/CF

A3/B3

Ultra Turbo Diesel

SS 

D

10W40

CF

B3

Uniflo

M

G

15W40

SL/SJ/CF

A3/B3/A2/B2

Uniflo Diesel

M

D

15W40

SL/SJ/CF

A3/B3/A2/B2

Extra

M

G

20W50

SG/CD

 

Extra Diesel

M

D

15W40

SG/CD

 

Ultra

SS 

GD

5W30

 

 

Ultra 913

SS 

GD

5W30

SL

A1/B1

505.01

SS 

D

5W40

 

B3

B = Bases : S - Sintético | SS - Semi-Sintético | M - Mineral
M = Motor : G - Gasolina | D - Diesel

Gama
Veículos Pesados
 

 

B

M

SAE

API

ACEA

Lube XT 2

M

GD

10W30

CF-4/SG/SF

 

Lube XT 2

M

GD

15W40

CF-4/SG/SF

 

Lube XT 2

M

GD

20W50

CF-4/SG/SF

 

Lube XT 3

M

GD

15W40

(5)

E2/B2/A2

XTS 4

S

D

10W40

(1)

(2)

Lube X 1

M

GD

30/40

CD/SF

 

Lube X 2

M

GD

(3)

(4)

 

Lube X 3

M

D

30/40/50

CF/SF

 

Lube X 4

M

D

10W30

CG-4/CF-4/CF

 

Lube XTS 501

M

D

10W-40

CF

E4

Lube XTS 601

S

D

10W40

CF

E3/E4

Lube XT 401

M

D

15W40

CF

E3/D2

Lube XT 301

M

D

15W40

CG-4/SG/CG-4/SH

E2/B2/A2

Lube X 301

M

D

30

CF/SG

E2/B2/A2

Lube X 301

M

D

10W/20W

CF/SG

E2

(1) CI-4/CH-4/CG-4/CF-4/CF/SL/SJ  |  (2) E5/E3/B4/B3/A2
(3)
20/30/40/50  |  (4) CF/SF(20) CF/CF-2/SF
(5) CG-4/CF-4/CF/SJ/SH

Gama
Motos
 

 

B

M

SAE

API

ACEA

4T Special

SS 

G

10W40

 

 

2T Special

SS 

G

30

TC

 

2T Synthetic

SS 

G

 

 

FC

2T

M

G

 

TC

FB

ACERCA DA ESSO
 

A Esso faz parte da ExxonMobil Corporation, uma das maiores e mais antigas companhias petrolíferas do Mundo, que integra, também, a marca Mobil. As raízes da ExxonMobil Corporation, datam de finais do século XIX, quando a indústria americana estava em grande crescimento em muitos sectores – aço, caminhos de ferro e banca, apenas para mencionar alguns. A nova indústria de petróleo do país também apanhou o passo, para satisfazer a procura de kerosene, lubrificantes e massas lubrificantes.

John D. Rockefeller, adquiriu uma diversidade de interesses petrolíferos durante esse período e, em 1882, organizou-os sob a Standard Oil Trust. Esse mesmo ano marcou a incorporação de duas organizações de refinaria e marketing – Standard Oil Co., de Nova Jersey e Standard Oil Co., de Nova York. "Jersey Standard" e "Socony", como eram correntemente conhecidas, foram as companhias predecessoras da Exxon e Mobil, respectivamente.

Para ambas as companhias, o restante do século foi tempo de expansão na costa americana. Grandes “veleiros rápidos de kerosene” enviavam por mar carregamentos em grandes quantidades. Afiliadas e escritórios de vendas das duas companhias espalharam-se pela Europa e Ásia.

Em 1911, o Supremo Tribunal dos Estados Unidos ordenou a dissolução da Standard Oil Trust, resultando em 34 companhias, incluindo a Jersey Standard e a Socony. No mesmo ano, a produção de kerosene do país foi eclipsado pela primeira vez por um produto derivado – a gasolina. O mercado automóvel em crescimento inspirou em última análise a marca de produto Mobiloil, registada pela Socony em 1920. Em 1931, a Socony fundiu-se com a Vacuum Oil Co., um pioneiro da indústria que nasceu em 1866.

Os anos pós guerra renovaram a prosperidade nos Estados Unidos e a reconstrução na Europa ajudou a colocar a Jersey Standard e a Socony-Vacuum no caminho do crescimento. Novas tecnologias e mercados em crescimento também catapultaram o desenvolvimento da petroquímica e um leque de produtos derivados.

Nos próximos anos as companhias predecessoras da ExxonMobil aprenderam a transformar produtos em derivados petroquímicos. Desde o final da segunda Guerra Mundial, as duas companhias com tecnologias avançadas expandiram as linhas de negócio e estabeleceram mercados em mais de 100 países.

A Companhia Mobil Chemical foi estabelecida em 1960, com unidades de fabrico localizadas em 10 países. A Companhia Exxon Chemical tornou-se numa organização mundial em 1965, com unidades de fabrico localizadas em 24 países. As duas companhias químicas fundiram as suas operações na ExxonMobil Chemical.

Em 1955, a Socony-Vacuum tornou-se na Móbil Oil Co. e em 1966, simplesmente Mobil Oil Corp.. Uma década mais tarde, a nova Mobil Corporation incorporou a Mobil Oil como subsidiária. A Jersey Standard mudou o seu nome para Exxon Corporation em 1972 e estabeleceu a Exxon como marca incontestada nos Estados Unidos. Noutras partes do mundo, a Exxon e as suas companhias afiliadas usam a designação Esso como nome de marca e das afiliadas.

Em 1998, a Exxon e a Mobil assinaram um acordo definitivo de fusão e formaram uma nova companhia denominada ExxonMobil Corporation. Depois das aprovações regulamentares e dos accionistas, a fusão completou-se em 30 de Novembro de 1999.

Em Portugal, a Esso Portuguesa Lda., uma afiliada da ExxonMobil e responsável pela comercialização dos lubrificantes Esso e Mobil entre nós, iniciou a sua actividade em 1945, tendo começado por fornecer combustíveis para navegação no Porto de Lisboa. Só posteriormente, deu-se a comercialização de lubrificantes, parafinas e outros derivados de petróleo. É nos anos 60, com a construção do Terminal da Trafaria e o início das operações de fabrico e embalagem de lubrificantes para os mercados interno e externo, que a Esso dá um passo decisivo para a sua expansão. 

Textos: João Fajardo e Esso | Foto: Esso


Quem Somos   |   Contactos   |   Publicidade   |   MKT Empresas   |   Condições Legais