Home / COVID-19 / Apoios sociais promulgados pelo PR entram em vigor hoje
PUB

Apoios sociais promulgados pelo PR entram em vigor hoje

Mais poder de compra para as famílias portuguesas.
08 Abr. 2021
Apoios sociais promulgados pelo PR entram em vigor hoje
PUB
O FMI prevê, para este ano, um crescimento de 3,9% do PIB português e uma taxa de desemprego de 7,7%, de acordo com as Perspetivas Económicas Mundiais divulgadas ontem. De acordo com o relatório, o FMI estima agora, em termos mundiais, uma "recuperação mais forte em 2021 e 2022" em comparação "com as últimas estimativas, com um crescimento projetado de 6% em 2021 e de 4,4% em 2022".  Relativamente às dívidas mais elevadas à Segurança...
O FMI prevê, para este ano, um crescimento de 3,9% do PIB português e uma taxa de desemprego de 7,7%, de acordo com as Perspetivas Económicas Mundiais divulgadas ontem. De acordo com o relatório, o FMI estima agora, em termos mundiais, uma "recuperação mais forte em 2021 e 2022" em comparação "com as últimas estimativas, com um crescimento projetado de 6% em 2021 e de 4,4% em 2022".
 
Relativamente às dívidas mais elevadas à Segurança Social podem vir a ser pagas até 12 meses, segundo a portaria publicada hoje, que entra em vigor a partir de amanhã. As dívidas que se encontrem em processo executivo não são abrangidas por esta portaria. 

Quanto aos diplomas que reforçam os apoios sociais promulgados pelo Presidente da República entram em vigor hoje. As alterações introduzidas pelos partidos da oposição e que o Executivo decidiu enviar para o Constitucional foram publicadas ontem em "Diário da República”. De acordo com as contas do Executivo, o reforço dos apoios tem um acréscimo mensal de despesa de 40,4 milhões de euros.

PUB  
PUB  
PUB