Home / Mercado / 60 por cento dos compradores preferem investir num carro usado
PUB

60 por cento dos compradores preferem investir num carro usado

Mulheres investem mais em usados, homens continuam a preferir novos.
27 Dez. 2018
60 por cento dos compradores preferem investir num carro usado
PUB
Estudo "The Year of the Used Car” foi realizado no Reino Unido e revela que o "video tour” é uma etapa essencial na experiência de compra de carros usados. Mais de metade dos compradores tenciona adquirir um veículo usado nos próximos dois anos, em detrimento de um carro novo. Esta é uma das conclusões do novo estudo da CitNOW, empresa pioneira no desenvolvimento da tecnologia de vídeo para o setor automóvel. Realizado a dois...
Estudo "The Year of the Used Car” foi realizado no Reino Unido e revela que o "video tour” é uma etapa essencial na experiência de compra de carros usados.

Mais de metade dos compradores tenciona adquirir um veículo usado nos próximos dois anos, em detrimento de um carro novo. Esta é uma das conclusões do novo estudo da CitNOW, empresa pioneira no desenvolvimento da tecnologia de vídeo para o setor automóvel. Realizado a dois mil condutores no Reino Unido, o relatório "The Year of the Used Car” apurou que, apesar de, nos últimos anos, o mercado dos "novos” ter sido revigorado – devido às potencialidades da internet e da comunicação digital – o registo de novos carros sofreu, em 2017, uma descida de 5,7 por cento. Pelo contrário, no mesmo período, 8,1 milhões de veículos usados encontraram novos donos.

O estudo mostra, ainda, que, no mercado de usados, apesar de esperarem uma descida no preço, os compradores não aceitam uma diminuição da qualidade dos serviços oferecidos. Pelo contrário, os resultados revelam que as expectativas deste tipo de consumidor são mais elevadas do que nunca. Refira-se, a este nível, que mais de metade dos inquiridos afirmaram que uma "vídeo tour” é uma etapa essencial na experiência de compra de um veículo usado.

Mulheres investem mais em usados, homens continuam a preferir novos

Relativamente ao impacto da demografia na decisão de compra, o relatório demonstrou que mais de metade das mulheres tencionam investir num veículo usado, enquanto que 55 por cento dos homens continuam a preferir os carros novos. No que toca à idade, os usados são mais populares entre os compradores mais jovens, sendo preferidos por 51 por cento dos inquiridos do grupo etário dos 25 aos 34 anos e, ainda, por 50 por cento dos compradores com idades compreendidas entre os 18 e os 24 anos. Já o grupo etário com mais de 55 anos – ainda que, na sua maioria (56 por cento), tenda a investir em veículos novos – é aquele que reúne um maior número de indecisos.

"O estudo revela que existe uma oportunidade evidente para os concessionários, que podem – e devem – dar resposta à crescente abertura do consumidor a automóveis usados”, explica Hugo Morgado, country manager da CitNOW Portugal. "Contudo, é necessário perceber que o comprador de usados é, hoje, um consumidor extremamente exigente, que espera nada menos que um serviço de excelência, potenciado por ferramentas digitais, como é o caso do vídeo”, remata o responsável. Mais informações disponíveis em https://www.citnow.com/resources/yearoftheusedcar/. 
PUB  
PUB