Home / Peças / Repintura / Testar amostras de tinta para evitar danos do sol sem o sol
PUB

Testar amostras de tinta para evitar danos do sol sem o sol

Mesmo no dia com o período mais curto de luz solar – Solstício de Inverno – O sol ainda brilhou no Centro de Engenharia da Nissan em Detroit, Michigan, EUA, com a ajuda da ferramenta de teste “Climómetro de Xénon” (Xenon Weather-Ometer - XWO).
06 Jan. 2019
Testar amostras de tinta para evitar danos do sol sem o sol
PUB
·  Além dos testes realizados em condições reais, os engenheiros da Nissan usam a máquina XWO para testar tintas, materiais interiores e plásticos para assegurar a durabilidade e qualidade – como um solário para objectos.·  Cerca de 100 amostras coloridas diferentes podem ser testadas ao mesmo tempo, reduzindo o desperdício  e economizando tempo. Mesmo no dia mais escuro do ano, os engenheiros da Nissan no Michigan,...
·  Além dos testes realizados em condições reais, os engenheiros da Nissan usam a máquina XWO para testar tintas, materiais interiores e plásticos para assegurar a durabilidade e qualidade – como um solário para objectos.
·  Cerca de 100 amostras coloridas diferentes podem ser testadas ao mesmo tempo, reduzindo o desperdício  e economizando tempo.
 
Mesmo no dia mais escuro do ano, os engenheiros da Nissan no Michigan, EUA, conseguem fazer os testes de exposição solar UV graças à ferramenta de teste "Climómetro de Xénon”  (Xenon Weather-Ometer - XWO) que avalia a durabilidade do material em diferentes condições climáticas.
 
Para avaliar os efeitos da energia solar na tinta e outros materiaism uma lâmpada de Xénon de 4000 watts coze cerca de 100 amostras com os mesmos raios que o sol. As amostras giram em torno da lâmpada para imitar a órbita da Terra – e porque este "sol” pode brilhar 24h por dia,  os testes demoram metade do tempo a serem realizados. Os engenheiros observam as amostras de material através de uma série de ciclos para investigar as alterações e garantir a máxima durabilidade e qualidade para os clientes Nissan.

«Além dos rigorosos testes em condições reais, esta ferramenta permite-nos recriar ambientes hóstis» afirmou Doug Prytula, Técnico de testes de Carroçaria e Chassis da Nissan. «É mais um passo que tomamos para garantir que os padrões de qualidade da Nissan são incomparáveis».
 
A Nissan usa ambientes de teste como a câmara climática acelerada XWO para replicar em laboratório condições que ocorrem no ambiente natural. Estas células de teste expõem vários tipos de amostras de materiais a uma ampla gama de condições que um veículo pode enfrentar durante o seu ciclo de vida.
PUB  
PUB