Home / Vida / Empresas / Lausan adquire participação maioritaria na Soulima
PUB

Lausan adquire participação maioritaria na Soulima

A Soulima deu uma conferência de imprensa nas suas instalações em Vialonga para anunciar a participação da Lausan na empresa. Ambas as empresas contarão na península ibérica com 52 centros de distribuição e 725 pessoas e faturarão aproximadamente 135 milhões de € a 14.000 clientes.
10 Jan. 2019
Soulima
PUB
A empresa E.E. LAUSAN, SAU, líder na distribuição de peças para automóvel em Espanha, adquire participação maioritária na Sociedade SOULIMA COMERCIO DE PEÇAS, SA, constituindo-se no ator principal da distribuição na Península Ibérica, com implantação tanto em Portugal como em Espanha. Esta aquisição materializou-se nos primeiros dias de janeiro 2019. Ander Beldarrain é o novo Presidente do Conselho de Administração da...
A empresa E.E. LAUSAN, SAU, líder na distribuição de peças para automóvel em Espanha, adquire participação maioritária na Sociedade SOULIMA COMERCIO DE PEÇAS, SA, constituindo-se no ator principal da distribuição na Península Ibérica, com implantação tanto em Portugal como em Espanha. Esta aquisição materializou-se nos primeiros dias de janeiro 2019.

Ander Beldarrain é o novo Presidente do Conselho de Administração da SOULIMA, do qual fazem também parte os Sres. Joaquim Sousa Lima e Juan Miguel Sans Martí. A coordenação entre ambas as empresas, estará garantida a nível corporativo pelo Sr. Nacho Pernas, Diretor Geral da LAUSAN sendo Diretor Geral da SOULIMA o Sr. Ricardo Brito Lima, quem ostentava anteriormente a condição de Administrador. Mantêmse os principais quadros da SOULIMA, bem no armazém central como nos outros 6 armazéns secundários.

Ambas as empresas contarão nos dois países com 52 centros de distribuição e 725 pessoas e faturarão aproximadamente 135 milhões de € a 14.000 clientes.

As razões para este acordo baseiam-se: 1- No convencimento de ambas as empresas da necessidade de consolidação e aumento do tamanho das mesmas, como elemento chave para melhorar o serviço aos clientes. Movimento acorde com a recente evolução do sector a nível internacional.
 
2- Na similitude de trajetórias e critérios operativos a nível comercial, logístico e de gestão financeira. Coincidência que possibilitará uma rápida confluência e a obtenção de sinergias em todas as áreas da gestão.
 
3- No excelente relacionamento pessoal, baseado na transparência dos dados e informações, bem como na sinceridade das abordagens. Todo o processo decorreu de comum acordo. 4- Na perfeita complementaridade geográfica, que influirá decisivamente na soma dos parâmetros do negócio de ambas as Organizações.  5- Na adequação do conceito IBÉRIA, em sintonia com a realidade dos principais fornecedores de ambas as empresas, bem como de clientes relevantes com implementação internacional (nova distribuição, grandes empresas, companhias de renting, etc).

As empresas manterão a sua própria identidade como até agora, bem como a gestão dos seus quadros principais, pelo que a nível de cliente, as únicas alterações percebidas serão as relativas às melhoras que irão sendo incorporadas paulatinamente em termos de produto, serviços, formação, tecnologia, etc. 

A operação foi toda desenhada desde o início tendo o cliente como eixo central e com o objetivo de aportar valor e vantagens. 

A partir deste momento, priorizaremos o relacionamento com os clientes e com os fornecedores, de forma a informar devidamente os mesmos sobre a nova situação e receber os seus comentários e sugestões em prol do aperfeiçoamento do
 
projeto. A recetividade e a rapidez da resposta são elementos principais no desenho desta operação.
PUB  
PUB