newsletter

Receba gratuitamente e em 1ª mão as notícias do aftermarket automóvel! 



Equilíbrio: Parte da Solução

30 Julho 2009

Uma roda bem equilibrada pode vibrar devido à variação da força da roda. É, por isso, necessário isolar e medir as causas exactas da vibração das rodas.

Uma roda desequilibrada provoca vibração quando rola pelo facto de existir na roda um ponto mais pesado. A variação da força da roda provoca vibração devido à rigidez irregular nas paredes laterais do pneu ou do piso, ou porque a roda não está concêntrica quando rola.

O equilíbrio e a variação da força da roda afectam-se mutuamente. O equilíbrio é medido girando a roda. A variação da força da roda é medida colocando a roda sobre carga para simular a força na estrada em andamento. Isto somente pode ser obtido usando um computador para simular o teste de estrada.

Os carros ligeiros e comerciais são concebidos para proporcionarem um andamento suave e seguro. As vibrações excessivas da roda podem resultar num desgaste excessivo do pneu, em danos para a suspensão e componentes da direcção, em estabilidade e condução inseguras, e em difícil manuseamento.

O que origina as vibrações excessivas?
A 100 km por hora, um pneu com tamanho médio, roda 850 vezes por minuto (a rotação é proporcional ao tamanho do pneu). A esta velocidade, pequenas variações no equilíbrio, na rigidez da parede lateral do pneu ou concentricidade do mesmo, podem fazer com que a roda toque violentamente no pavimento cerca de 14 vezes por minuto.

Rodas desequilibradas
O equilíbrio estático verifica somente um plano de correcção do peso e apenas permite analisar o desequilíbrio vertical “para baixo - para cima”. Este processo não é suficiente e adequado para as vibrações dos veículos de hoje.

O equilíbrio dinâmico verifica os dois planos de correcção de peso. Isto elimina o desequilíbrio vertical “para baixo - para cima” e o desequilíbrio horizontal “de um lado para o outro”. O equilíbrio dinâmico, é sempre necessário, mesmo nas jantes de alumínio onde é necessário colocar pesos escondidos.

Variação da Força da Roda
Um pneu bem equilibrado pode vibrar devido à variação da força da roda. A variação da força da roda deve-se, mais frequentemente, à excentricidade da roda, piso irregular ou diferente rigidez da parede lateral do pneu. A excentricidade acontece quando um pneu ou jante, em andamento, não está excêntrico; as causas mais frequentes são uma jante empenada ou desgaste irregular do pneu.

Pisos irregulares ou rigidez do pneu variável podem ser encontrados em pneus novos ou usados. Os pneus, pelo seu desenho, nunca são uniformemente flexíveis e, nem perfeitamente redondos. E, nenhum pneu é exactamente semelhante nessas características.

Como é que se corrige a variação da força da roda
1 – Optimizar a montagem do pneu com a jante; igualando o ponto mais alto de excentricidade ou o ponto mais rígido no pneu, com o ponto mais baixo na jante, tornará a roda “redonda quando rola”.
2 – Nos casos em que a roda está demasiado excêntrica, esta deverá ser substituída.
3 – Noutros casos, um pneu que apresenta uma excessiva Variação da Força, é considerado defeituoso. Se o pneu é novo, o fabricante honrará uma garantia.

Pressão do pneu e alinhamento da direcção
Uma pressão dos pneus não adequada e/ou desalinhamento, provocam um desgaste irregular dos pneus, o que origina e aumenta o desequilíbrio, resultando isto tudo em vibrações das rodas. O alinhamento pode ser corrigido e as rodas equilibradas para reduzir ou acabar com a vibração.

Componentes da suspensão e da direcção
Os componentes da direcção e da suspensão necessitam de inspecção periódica. Eles podem, eventualmente, desgastar-se, originando a vibração das rodas. Vibrações excessivas das rodas, entre outras coisas, podem encurtar o tempo de vida dos componentes da suspensão e da direcção.

Outras causas da vibração das rodas
Erro de montagem da roda no eixo; Desgaste ou falha dos componentes dos travões; Desgaste dos componentes do motor ou transmissão; Características dos componentes do veículo.

Um técnico experiente com formação e equipamento adequado, pode diagnosticar estes problemas. Mas a única maneira de eliminar todas as vibrações das rodas aqui descritas é simular um teste de estrada no computador.

(O equipamento Hunter GSP 9700, com Sistema de Controlo de Vibração, utiliza um “Rolo de Força” para executar um teste de estrada simulado no computador, isolando e medindo as causas exactas da vibração das rodas – ver mais informações em secção de equipamentos.)

Com que frequência devo verificar as rodas devido à vibração excessiva?
Siga as recomendações do fabricante do veículo, anotadas no seu manual. Mas, quando notar vibrações excessivas, deverá ter uma inspecção de um técnico qualificado para qualquer das possíveis causas aqui mencionadas. Pode-se tornar difícil notar a degradação gradual da vibração das rodas, por esta razão e como regra geral, deverá verificar os seus pneus todos os 15 000 km, ou pelo menos uma vez por ano.

Texto: Cometil e Paulo Silva | Foto: Yokohama




O bom equilíbrio elimina a vibração
Quem Somos   |   Contactos   |   Publicidade   |   MKT Empresas   |   Condições Legais