newsletter

Receba gratuitamente e em 1ª mão as notícias do aftermarket automóvel! 



Um Trabalho para Profissionais

20 Agosto 2009

A limpeza de unidades de ar condicionado é uma matéria sofisticada que deve ser levada a cabo exclusivamente por profissionais oficinais habilitados.

A limpeza de unidades de ar condicionado é uma matéria na ordem do dia, ao mesmo tempo sofisticada e que deve ser levada a cabo por profissionais oficinais bem treinados, possuindo certificados de competência.

Muito embora a tecnologia dos sistemas de ar condicionado nos veículos sempre foi sofisticada, o serviço de manutenção tem sido controverso. Alguns construtores de veículos reclamam que as suas unidades de ar condicionado não requerem qualquer tipo de manutenção. No entanto, as companhias que fornecem os componentes acham que é absolutamente normal que pequenas quantidades de fluído de arrefecimento acabem por verter das juntas e tubos. Devido a isso, existe consenso, pelo menos no comércio automóvel, que as unidades de ar condicionado dos carros devem ser alvo de serviço de manutenção cada dois a três anos.

Neste processo o fluído de arrefecimento é bombeado para fora, limpo e seco. Adicionalmente parte do óleo de arrefecimento é também bombeada para o exterior e o sistema de tubos seco através de um processo de evacuação. Depois, após um teste de fugas, a unidade é cheia com fluído e óleo de arrefecimento na quantidade precisa.

Torna-se claro olhando para o fluído de arrefecimento que foi retirado – resinoso e com sujidade solta – que um serviço ao sistema de climatização não é nenhum luxo, antes pelo contrário, uma unidade de ar condicionado deve ser alvo de lavagem periódica.

O traiçoeiro acerca da poluição na unidade de ar condicionado, que consiste principalmente de detritos de metal, borracha, sujidade e óleo, é a sua tendência de se acumular. Isto leva os carburadores a ficarem bloqueados, válvulas a pegarem-se e outros componentes dinâmicos a ficarem fora de acção. O maior risco é sempre o de o compressor, o componente central, e mais dispendioso na unidade de ar condicionado do carro, danificar-se. Para se ter a certeza que as coisas nunca cheguem a este ponto, os sistemas de ar condicionado devem ser limpos após uso de alguns anos. Depois de poucos anos de funcionamento, existe uma boa oportunidade de limpar a unidade de ar condicionado quando a oficina tem de abrir a unidade para trocar o secador.

Existem várias maneiras de limpar uma unidade de ar condicionado, usando nitrogénio, limpadores químicos ou fluído de arrefecimento. Todos os procedimentos têm as suas vantagens e desvantagens específicas, e são particularmente adequados para uso em certos casos. Limpar a unidade com fluído de arrefecimento é quase sempre possível. Os níveis elevados de segurança quando se limpa a unidade devem ser idênticos ao que se tem quando se efectua um serviço diferente. Isto significa que o utilizador deve usar equipamento de segurança pessoal, consistindo em óculos e luvas de protecção, no mínimo. Quando se utilizam limpadores químicos, aparelhos de respiração devem também ser usados. Mais ainda, é essencial que as pessoas que realizam trabalhos em unidades de ar condicionado, incluindo limpar uma unidade, possuam um certificado de proficiência no manuseio de dispositivos técnicos de ar condicionado.

Lavando Secção por Secção
As unidades de ar condicionado não podem ser limpas como um todo, têm sempre de ser trabalhadas em secções. Para fazer isso o sistema de tubos é aberto em duas juntas bem colocadas, permitindo a secção entre estas duas aberturas ser ligada. Componentes tais como o compressor, filtro em linha, secador, válvula reguladora fixa e a válvula de expansão têm de ser removidos, na medida em que estes não podem ser lavados.

Ligações em Ponte
Espaços que tenham sido criados no sistema de tubos pela remoção de componentes podem ser preenchidos com ligações em ponte. O dispositivo de ar condicionado está ligado à tubagem com adaptadores. A melhor divisão dos tubos em cada caso individualmente depende dos encaixes no carro e na unidade de ar condicionado instalada. Os especialistas usam muitos truques nesta área, por exemplo, limpando uma secção nas duas direcções, uma depois da outra, para melhorar o resultado final. Tudo o que o utilizador precisa fazer para alcançar isto é trocar as duas ligações. Se um novo componente é instalado e um elevado número de ligações dos tubos é aberto, é boa prática encaixarem-se pequenos filtros nas ligações depois da lavagem mas antes da montagem. Estes captam até mesmo as partículas mais pequenas, o que significa que elas não alcançarão os componentes para os danificar. A vida dos componentes de ar condicionado pode ser aumentada quando a limpeza é levada a cabo com cuidado.

Texto: Bernd Reich, Pedro Fontes, Tecnotest | Foto: Tecnotest




Limpeza do sistema de climatização: Um trabalho para profissionais
Quem Somos   |   Contactos   |   Publicidade   |   MKT Empresas   |   Condições Legais