newsletter

Receba gratuitamente e em 1ª mão as notícias do aftermarket automóvel! 



A Segunda Vida dos Turbos

15 Abril 2011

Os turbo compressores reconstruídos oferecem a mesma qualidade dos novos produtos.

Normalmente um turbo compressor é concebido para ter a mesma vida útil do motor. Mas no caso improvável de um turbo compressor se danificar, não tem de ser sempre substituído por um novo. Os turbo compressores reconstruídos oferecem a mesma qualidade dos novos produtos. Isto mesmo é demonstrado pela BorgWarner Turbo & Emissions Systems, um dos principais fabricantes de sistemas de turbos. Com efeito, a companhia de Kirchheimbolanden, prova sem margem de dúvidas que a reciclagem é totalmente compatível com a elevada qualidade.

A BorgWarner tem estado envolvida com sucesso na reconstrução e revisão de turbo compressores no seu centro Europeu de Reman em Frankenthal, Alemanha, desde 1998. Entretanto, já vendeu mais de 500.000 sistemas de turbo compressores em todo o mundo.

Substituição Usando Somente Peças Originais
A mais importante questão no início que qualquer processo de reconstrução é se o turbo compressor usado é adequado para a reciclagem. Se os danos no sistema do turbo compressor forem muito grandes, por exemplo, se a haste estiver partida, a reconstrução deixa de valer a pena. O turbo compressor tem de também ter ainda gravado o seu nome para uma identificação clara. Somente depois de uma inspecção cuidada do turbo compressor usado, é que os especialistas no Centro Reman decidem se pode ser reciclado.

Depois dos mecânicos terem desmontado o turbo compressor reciclado nos seus componentes, todos os rolamentos e vedantes, incluindo os anéis de pistão e os O-rings, são deitados fora e substituídos por peças originais de produção em série. Deferentes graus de reconstrução são executados nos componentes individualmente depois de limpos, já que estiveram sujeitos a diferentes cargas durante o seu serviço. A turbina, compresor e invólucro do rolamento já amadureceram termicamente e provaram a sua durabilidade em uso. Mas antes que qualquer turbo compressor seja lançado novamente no mercado, tem de passar por uma série de testes. Todos os turbo compressores passam pelos mesmos testes rigorosos de controlo de qualidade que os novos produtos, e são por isso fornecidos com a mesma garantia.

Mais Progresso através da Pesquisa e Desenvolvimento
Especialistas do laboratório metalúrgico próprio da companhia em Frankenthal, examinam quaisquer vestígios de desgaste nos turbo compressores. Com base nas suas descobertas, o departamento de desenvolvimento trabalha em novas tecnologias para melhorar ainda mais os turbo compressores dos motores de ignição.

Mais ainda, as actividades globais da BorgWarner asseguram uma troca imediata de informação e uma transferência rápida de know-how entre departamentos.

No departamento interno de acústica, a haste da turbina é finalmente equilibrada para evitar ruídos oriundos do mais pequeno desequilíbrio. A companhia usa tecnologia de equilibro de topo que permite o alcance de velocidades de operação até 250.000 rpm. Técnicas de reconstrução elaboradas asseguram que a BorgWarner exceda as especificações de muitos construtores de veículos ao mesmo tempo que satisfaz os standards de certificação TS 16949 e ISO 9001.

Os turbo compressores reconstruídos são uma alternativa com custos mais reduzidos às novas unidades, oferecendo não só a mesma performance e confiança, mas também a mesma garantia dos novos sistemas.

Texto: Pedro Fontes e BorgWarner | Foto: BorgWarner
 




Turbo usado vs reconstruído
Quem Somos   |   Contactos   |   Publicidade   |   MKT Empresas   |   Condições Legais