newsletter

Receba gratuitamente e em 1ª mão as notícias do aftermarket automóvel! 



Manutenção dos Pneus

11 Agosto 2009

Ao nível da manutenção dos pneus, existem quatro áreas cruciais que devem ser consideradas para a segurança e performance do veículo.

A superfície do pneu que está em contacto com a estrada é aproximadamente do tamanho da palma da mão. Os pneus têm de suportar e transmitir simultaneamente forças colossais, por isso a escolha, manutenção e substituição dos pneus são cruciais para a segurança e performance do seu veículo.

Não deve usar quaisquer pneus na sua viatura. As dimensões, a profundidade do relevo, a configuração do piso, a capacidade de carga e o limite de velocidade dos pneus devem ajustar-se rigorosamente ao seu veículo. É importante também verificar regularmente a pressão, o desgaste e os danos dos pneus.

A nível de manutenção dos pneus há quatro áreas cruciais que devem ser consideradas:

1. Profundidade do relevo – O relevo da maioria dos pneus actuais foi concebido para escoar a água. Os pneus com desgaste desempenham esta função com menor eficiência, podendo até dar origem precoce ao aquaplaning ou hidroplanagem.

É essencial que a profundidade do relevo dos seus pneus esteja em conformidade com os limites legais, não só para cumprir a lei, mas também para garantir a sua segurança. Porque, por melhor que sejam os travões, se os pneus estiverem desgastados, não aderem à estrada e maior será a distância de travagem do seu veículo. Mesmo com um novo conjunto de amortecedores, os pneus com desgaste revelarão perdas de aderência.

2. Equilibragem – As rodas precisam de ser equilibradas com pequenos pesos para evitar problemas de maneabilidade, vibrações e danos prematuros nos amortecedores e componentes da direcção.

3. Alinhamento – O seu veículo deve rodar em linha recta, em pisos planos. Se as rodas estiverem desalinhadas, podem causar um desgaste desigual dos pneus, que, por sua vez, afectará a segurança e a maneabilidade do veículo.

4. Válvulas/Pressão dos Pneus – As válvulas dos pneus deveriam ser substituídas juntamente com os pneus. A pressão correcta dos pneus influi na maneabilidade, desgaste e consumo de combustível. A pressão deverá ser verificada com os pneus frios. Consulte o Manual do Proprietário ou o seu Concessionário para saber qual a pressão correcta dos pneus do seu veículo.

Os pneus devem ser sujeitos a manutenção se se verificarem alguns dos seguintes sinais:
• O seu veículo guina para um lado;
• Os pneus apresentam um desgaste desigual;
• Tem problemas de maneabilidade;
• Aumento da distância de travagem;
• Vibração invulgar do volante;
• Depois de as rodas terem sido sujeitas a uma batida forte;
• Arranhões, cortes ou saliências nos pneus.

Também é importante não esquecer que o pneu sobressalente deve estar em boas condições, tal como os que estão montados no veículo.

Texto: Pedro Fontes e Ford | Foto: aan
 




Trocar o pneu mesmo em caso de perda de ar lenta
Quem Somos   |   Contactos   |   Publicidade   |   MKT Empresas   |   Condições Legais