newsletter

Receba gratuitamente e em 1ª mão as notícias do aftermarket automóvel! 



ABS – Como Funciona e Como Usar

8 Setembro 2009

O ABS proporciona uma reserva de segurança em que se pode confiar numa situação de perigo. Mas é preciso conhecê-lo.

Como funciona o ABS – Através da utilização de sensores, o sistema ABS monitoriza permanentemente as quatro rodas. Assim que uma delas mostra qualquer tendência de bloquear, o sistema intervém imediatamente e dentro de milésimos de segundo evita o bloqueamento ao reduzir a pressão de travagem nas rodas. A pressão de travagem é depois aumentada e a tendência de bloqueamento verificada novamente. Este ciclo é repetido individualmente em cada roda até 10 vezes por segundo. Por outras palavras, o ABS pode ser descrito como uma travagem cadenciada, controlada electronicamente e extremamente precisa. E as vantagens? Nenhuma das rodas bloqueia, não existe deslizamento, o carro permanece na faixa de rodagem e a direcção pode continuar a ser usada.

Trave e use a direcção ao mesmo tempo – O sistema ABS permite o controlo da direcção quando é utilizado, mesmo numa emergência. O carro permanece na faixa desejada e o condutor consegue contornar o obstáculo ao mesmo tempo que trava.

Travar e manter o pé no pedal – Só travando e mantendo pé no pedal, é que o ABS é activado. Quando o sistema ABS está a funcionar, ouve-se um ruído do controlo mecânico e sentem-se pulsações leves no pedal de travão. Assim, durante a travagem existem dois pontos que não devem ser esquecidos: não se deve relaxar a pressão no pedal de travão e o condutor pode continuar a usar a direcção com controlo total.

Não se deve bombear o travão – Se se bombear o travão, o ABS liga-se e desliga-se e a distância de travagem aumenta.

O que acontece se o ABS se desligar? – É altamente improvável que o sistema se desligue. No entanto, se isso acontecer, possivelmente devido a uma queda excessiva da voltagem a bordo, o condutor é avisado pela luz ABS. Muito embora os travões do veículo permaneçam totalmente operacionais, é aconselhado visitar o serviço oficinal ABS numa próxima oportunidade.

ABS: somente tão bom como o condutor que o utiliza – É indispensável dizer, claro, que mesmo este sistema refinado tecnicamente, não consegue superar as leis básicas da física. Se um veículo entrar numa curva muito rápido, nada consegue evitar o despiste devido à força centrífuga. E se for muito perto do veículo da frente, até mesmo o ABS não consegue compensar a falta de distância de travagem. Por outro lado, ao se conduzir a velocidades excessivas, particularmente em estradas escorregadias, será impossível parar o veículo num curto espaço durante numa emergência.

A prática melhora o desempenho – É importante que o condutor se torne familiarizado com o ABS e suas vantagens. Deve procurar um parque vazio ou estrada fechada, travar bruscamente e usar a direcção normalmente como se nada tivesse acontecido. Dessa forma ficará familiarizado com o barulho mecânico do controlo e com a pulsação no pedal de travão. Esta é a melhor forma de assegurar que o condutor vai reagir correctamente numa emergência e tirar o máximo proveito das potencialidades do sistema de travagem ABS.

O que acontece em veículos sem ABS – Sem ABS, quando se trava numa situação de emergência, as rodas bloqueiam. Quando isto acontece, qualquer tentativa de usar a direcção revela-se numa perda de tempo. O veículo desliza porque as rodas deixam de conseguir gerar a denominada “força de viragem” precisa para virar. E claro, o condutor não tem qualquer hipótese de evitar o obstáculo. Não somente em neve ou gelo, chuva, sobre folhas no Outono ou pedrado, mas também quando a estrada está seca e limpa. Por outras palavras, em qualquer situação. A travagem em pânico a velocidades elevadas sem ABS, também leva ao desgaste dos pneus numa zona pontual, de tal forma que nesses casos devem ser substituídos.

Texto: João Lima e Bosch | Fotos: Bosch
 




ABS: Travar e manter o pé no pedal ABS: Trave e use a direcção ao mesmo tempo
Quem Somos   |   Contactos   |   Publicidade   |   MKT Empresas   |   Condições Legais