newsletter

Receba gratuitamente e em 1ª mão as notícias do aftermarket automóvel! 



Tubos

8 Setembro 2009

Os peritos recomendam a verificação regular dos tubos do seu veículo, como, por exemplo, em cada muda de óleo ou cada seis meses.

Quando analisar os tubos do seu veículo, verificar desgastes básicos, tais como fendas ou descoloração, o que pode indiciar que eles se estão a tornar fracos e que podem eventualmente romper-se. É importante lembrar-se que os tubos de arrefecimento deterioram-se de dentro para fora, por isso, alguns desgastes podem não estar visíveis. Para estar precavido, substitua ou mande substituir os tubos do seu veículo todos os 4 anos. Se os tubos ficarem muito tempo sem manutenção, podem-se gastar totalmente, o que pode levar à sua ruptura e a fugas de líquido. 

Tubos que vertem são um problema. Um tubo de radiador que verte pode esvaziar um radiador num instante, deixando o motor sem a possibilidade de arrefecer, levando a um rápido sobreaquecimento deste, com os consequentes danos que daí podem advir se o motor não for desligado a tempo de evitar a sua inoperacionalidade permanente. Mesmo uma fuga a partir de um orifício pequeno num tubo de radiador pode esvaziar totalmente o radiador do veículo de forma lenta. Uma operação que é fácil de realizar, barata e rápida. 

Texto: João Lima e ACDelco | Foto: Dayco
 




Tubo moldado
Quem Somos   |   Contactos   |   Publicidade   |   MKT Empresas   |   Condições Legais