newsletter

Receba gratuitamente e em 1ª mão as notícias do aftermarket automóvel! 



Iluminação > Valeo


Destaque I
Valeo Kit Faról Auxiliar de Xenon
 

Especialmente desenvolvido para o aftermarket, estes faróis auxiliares estão disponíveis numa versão para integração no pára-choques, possuindo um diâmetro de 80 mm. Os seus benefícios incluem uma luz intensa e uniforme para uma segurança acrescida na condução nocturna, tudo graças à luminosidade idêntica à luz do dia. O seu desenho e a tecnologia de superfície de alta tecnologia providenciam o veículo com uma melhor imagem. Disponível através de kit pronto a ser instalado. Incorpora tampas de protecção.

Destaque II
Valeo Luz LED Traseira
 

Igualmente disponível para o aftermarket está a tecnologia da luz LED traseira. O LED é um componente optoelectrónico que emite luz através de um cristal transparente semi-condutor, quando fornecido com energia. Os benefícios chave do LED são:

Segurança: O seu tempo de acendimento mais curto que as lâmpadas incandescentes em aproximadamente 0,2 segundos, permite ao condutor antecipar situações potencialmente perigosas. A distância de travagem do veículo que segue na traseira – a 120 km por hora – é reduzido em 5 metros;
Serviço: O tempo de vida útil do LED é superior a 2 mil horas;
Estilo: A natureza compacta da tecnologia LED oferece uma maior flexibilidade no desenho das luzes traseiras dos veículos;
Consumo: A tecnologia LED consome menos energia do que as lâmpadas traseiras incandescentes;
Volume: Devido à sua profundidade reduzida, e comparativamente com o que sucede com as lâmpadas de tecnologia convencional, as lâmpadas LED podem ser mais facilmente harmonizadas com o desenho dos veículos.

Destaque III
Valeo Velarc
 

A bifunção elíptica ou reflectora Velarc oferece a mesma performance para raios de luz baixos e elevados. O sistema Velarc incorpora a lâmpada xénon de Descarga de Alta Intensidade (HID), permitindo um melhoramento na visibilidade periférica e dianteira relativamente aos sistemas convencionais de halogéneo, uma distribuição da luz homogénea e uma cor igual à luz do dia mesmo com raios de luz baixos. A juntar a isto, o consumo de energia é reduzido (35 watt para 3200 lumens contra 55/60 watt para 1500 lumens em lâmpadas de halogéneo).

A lâmpada xénon HID, dura cinco a seis vezes mais que a lâmpada de halogéneo. Por outro lado, com a luz Velarc bifunção, a temperatura interna das lâmpadas é reduzida, permitindo a utilização de lentes de plástico na maioria das aplicações, que têm a vantagem de serem mais leves.

O sistema Velarc bifunção proporciona uma economia de volume superior a 25%, resultando numa maior flexibilidade na estilização do veículo. Permite o equipamento de uma luz HID como opção em veículos equipados com reflectores de uma única bolsa. Os faróis Velarc bifunção, inicialmente pensados para veículos topo de gama, estão a ser crescentemente incorporados numa variedade de outros veículos.

Destaque IV
Valeo AFS (Sistema Adaptativo da Luz Dianteira)
 

O Sistema Adaptativo da Luz Dianteira (AFS - Adaptive Front Lighting System) da Valeo é uma tecnologia que adapta os feixes da luz dianteira dos veículos a várias condições de condução, optimizando a visibilidade e melhorando o conforto da condução.

A Valeo desenvolveu cinco adaptações de feixes dos faróis:
- Luminosidade nas curvas (BL) – Adapta os feixes luminosos às curvas. Aumenta a quantidade de luz nas curvas e facilita a condução ao longo de estradas sinuosas. As funções do BL são conduzidas por um sensor na direcção, acoplado a um sensor de velocidade e/ou a um sistema de navegação. Os faróis direccionais melhoram em 90% a visibilidade nas curvas. Uma grande inovação tecnológica que permite conduzir à noite com maior segurança, maior visibilidade, menos cansaço e maior conforto;
- Luminosidade na Auto-Estrada (ML) – Aumenta a visibilidade do condutor a alta velocidade, permitindo uma melhor antecipação. A partir dos 80 km/h, o sensor de velocidade conectado à unidade de controlo, aumenta ou baixa o feixe pelo movimento de um sistema de alavanca;
- Luminosidade de mau tempo (AL) – Adapta a luz de forma a evitar o efeito clarão durante chuva ou nevoeiro;
- Luminosidade em Cidade (TL) – Neste caso, a luz é adaptada às condições de uma cidade, aumentando a largura do feixe e doseando a sua intensidade, de forma a permitir melhor visibilidade em cruzamentos;
- Luminosidade no Alto (OVL) – Ilumina sinais no alto, permitindo ao condutor ver sinais a uma distância maior, de forma a prevenir decisões de ultima hora. Tem de ser ligado manualmente, mas desliga automaticamente.

Destaque V
Valeo DRL
 

As novas luzes LED para dia (Daytime Running Light – DRL) da Valeo, consistem de quatro LED’s brancos capazes de oferecer maior segurança rodoviária ao proporcionarem uma melhor visualização do tráfico vindo de frente durante o dia. Comparativamente ao feixe de luz de halogéneo, a luze LED DRL consegue uma poupança de 90% de energia e não necessita de substituição de lâmpada ao longo de toda a vida do veículo.

ACERCA DA VALEO
 

A Valeo é uma marca francesa, pertencente ao Grupo industrial independente Valeo, totalmente focado no desenho, produção e venda de componentes, sistemas integrados e módulos para veículos ligeiros e pesados, fornecendo os segmentos de Equipamento de Origem e aftermarket. Com vendas acima dos nove milhões de euros anuais, situa-se entre os dez maiores fornecedores de componentes automóveis do mundo.

Possui 131 unidades de produção, 68 centros de Pesquisa & Desenvolvimento (R&D), nove centros de distribuição e emprega mais de 72 mil pessoas em 27 países. No leque dos clientes de Equipamento de Origem estão os maiores construtores mundiais na Europa, América do Norte e do Sul e Ásia.

Cerca de seis mil engenheiros e técnicos qualificados trabalham nos centros de Pesquisa & Desenvolvimento (R&D), para onde a Valeo canaliza anualmente cerca de 6% das vendas totais. A Valeo Service é o ramo de aftermarket do Grupo, responsável pelo fornecimento de peças de substituição a distribuidores e centros de reparação independentes, assim como a construtores de veículos, em mais de 100 países em todo o mundo.

A gama de produtos para o aftermarket inclui sistemas de iluminação e sinalização; Sistemas limpa pára-brisas; Embraiagens; Electrónica; Pastilhas de travão, discos de travão, peças hidráulicas e fluido de travão; Peças de ignição e velas de ignição; Sistemas de segurança: controlos remotos, conjuntos de fecho e fecho de colunas de direcção; Interruptores e Sensores; Alternadores e motores de arranque; Ventilação de aquecimento e unidades de ar condicionado; Elementos para arrefecimento do motor.

A divisão Valeo Service emprega cerca de 900 funcionários em 16 países, possui onze Centros Operacionais, oito Centros de Distribuição, cinco Escritórios de Ligação e um Centro Técnico. Em termos logísticos, são 30 mil referências geridas em todo o mundo e 18 mil linhas de encomendas produzidas diariamente.

De modo a assegurar uma total confiança, todas as peças disponibilizadas pela Valeo Service, são peças de substituição de Equipamento de Origem da marca ou com especificações idênticas. O principal objectivo da Valeo é o de providenciar uma cobertura mínima de 95% para cada linha de produto em todos os países, e o de assegurar que novos produtos estejam disponíveis para o aftermarket no lançamento de novos veículos.

A génese da Valeo data de 1921, quando Eugène Buisson, se torna o representante exclusivo francês para a distribuição dos forros de travão Ferodo, produzidos pela companhia Britânica Ferodo Ltd. Os materiais de fricção tornam-se na primeira actividade central do Grupo. Em 1923, Eugène Buisson, decide tornar-se fabricante e abre uma oficina em Saint Quen, perto de Paris. Cria a Société Anonyme Française du Ferodo (SAFF). Ainda nesse ano, a companhia adiciona revestimentos de embraiagem à sua actividade de forros de travão, e em 1932, a Société du Ferodo, começa a fabricar embraiagens completas ao abrigo de um acordo de licenciamento com a companhia alemã Fichtel und Sachs. Ainda nesee ano, a Société du Ferodo entra para a Bolsa de Valores de Paris.

O ano de 1935 fica marcado pela licença exclusiva para as patentes Borg-Warner (Chicago). Como resultado, a Société du Ferodo passa a deter quase todas as patentes de embraiagens em França. Em 1980, na Reunião Anual dos Accionistas, a Société Anonyme Française du Ferodo, muda o nome para Valeo (a palavra “Valeo” deriva do Latim “sertir-se bem”). Em 1990, o Grupo vende as suas actividades não estratégicas: forros de travão, ignição e buzinas. Em 2001, vende a Filtrauto. Desde a sua fundação até aos nossos dias, a companhia não parou de crescer, fruto de sucessivas aquisições e investimentos.

Textos: Paulo Esteves e Valeo | Foto: Valeo


Quem Somos   |   Contactos   |   Publicidade   |   MKT Empresas   |   Condições Legais